Cânion Guartelá, passeio de um dia em Tibagi

Entrada gratuita, é assim que começamos a te instigar pra esse passeio. Entrada gratuita para visitar o Cânion Guartelá, o mais extenso do Brasil e 6º mais extenso do mundo. Só não aproveita pra viajar e ver coisa nova e legal quem não quer!

Cânion Guartelá, que fica entre Tibagi e Castro é um ótimo passeio pro final de semana, pois você pode tranquilamente sair sábado cedo da capital, ir pra lá, passear no cânion, fazer um rafting ou outro passeio de aventura da região e voltar.

A entrada do parque para visitar o Cânion Guartelá fica no começo da cidade mesmo, antes de chegar em Tibagi. Tem boa sinalização, tem estacionamento, tem banheiro, tem lanchonete. Chegando lá, é preciso fazer um registro com seus dados, e é ali que eles começam a contagem de quantas pessoas entraram no parque naquele dia. Parece bobeirinha, mas isso é super importante em lugares assim. O que achamos legal é que tem a contagem na entrada e lá no finalzinho da trilha tem outro funcionário também contando. Ou seja, eles controlam quantos entraram e quantos saíram, e assim é possível saber se alguém se perdeu, por exemplo.

No dia que fomos estava meio chuvoso, então não foi possível ir até a cachoeira, que estava fechada por segurança, e também não pudemos entrar nos panelões – aqueles buracos no meio do salto que entra água e nunca enche – pois nem estavam visíveis!

De qualquer forma, deu pra ir até o mirante e ver o Cânion Guartelá todo, e já valeu super a pena!

A trilha pra chegar no mirante é bem tranquila. É bem aberta, no começo com paralelepípedos e depois com um trecho em madeira. Ela também não é muito extensa não, coisa de 30 minutos de caminhada mais ou menos. A coisa é que a volta fica um pouco pesada, pois é uma subidona chocante, que a gente nem percebe quando está descendo.

Chegando lá, não precisa dizer mais nada. Só observar, fotografar, curtir o lugar todo. O bom é que o mirante é enorme e espaçoso, você não precisa ficar se espremendo pra ter o visú. Não tem coisa pior que isso, ter que ficar disputando espaço pra ver a vista por 2s e ter que sair pros outros!

DETALHES IMPORTANTES:

– Leve água com você, não só em dias de calor. No meio do caminho tem uma bica com água, mas é mais lá pra baixo mesmo;

– Passe repelente;

– Melhor calçado é o bom e velho tênis. Muitas pessoas vão de chinelo, mas não é uma boa para trilhas, porque pode arrebentar e tropeçar com mais facilidade;

– Não tem uma super estrutura de vestiários e banheiros, então se entrar nos panelões, leve roupa de banho mesmo, porque entrar de roupa toda, pra trocar depois vai ser bem mais chato.

*Indicamos esse passeio pra todo mundo, mas é sempre bom ter consciência com relação à sua saúde e/ou idade. A subida é forte no final e pra quem quer MUITO ir lá, mas acha que não vai aguentar, o parque pode levar de carro até uma parte (a parte da subidona/descidona). Então pergunte antes de descer, ok?

Ainda em Tibagi, não deixe de fazer o passeio de rafting. É incrível e indicado para todas as idades também.

 

COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email