Castrolanda: um pedacinho da Holanda em Castro

Você com certeza já ouviu falar em Castro, mas e Castrolanda?? Se ainda não ouviu falar, vamos conhecer agora aqui e programar uma visitinha nesse lugar fantástico. Assim como Carambeí, Castrolanda é uma colônia de imigrantes. Aqui são os holandeses que tomaram conta, em uma colônia extremamente organizada e perfeita.

Saindo do centrinho de Castro, são cerca de 10 minutinhos pra Castrolanda, a coisa é que precisa prestar atenção nas placas, porque a entrada é meio mau sinalizada. Antes de tudo você vai ver os tanques enormes da cooperativa e um monte de caminhões, e é ali, um pouquinho antes a entrada. Tô contando isso porque a gente passou direto e tivemos que voltar!

A colônia é perfeita. Tudo lindo, limpo, organizado, casas gracinha e tudo sem muros e cercas. Parece outro país, outro mundo!

De longe já dá pra avistar o grande moinho, a maior atração do local, criado em 2001 em homenagem aos 50 anos da imigração. O moinho é uma réplica em tamanho original do moinho “Woldzigt”, que fica no norte da Holanda. A visitação custa R$ 12 e com isso você pode entrar no moinho, subir todo ele e também visitar o novíssimo museu Casa do Imigrante, que conto em seguida.

O moinho tem 4 andares pra visitação, e lá tem um pouco da história do povo, conta sobre os moinhos e tem tudo como se fosse um moinho em produção. Além disso, tem tamancos para fotos e também um realejo, que você pode pedir pra tocar. Ele é original, e é realmente bem bacana.

Na sequência você pode seguir pro museu que falei. Ele é meio recente e está lindíssimo. É toda uma réplica das casas dos imigrantes, cheia de utensílios históricos. É muito bacana conversar com a guia do local, super simpática e com muitas informações complementares!

Eles estão abertos de terça a domingo e feriados, das 13h às 18h.

ONDE FICAR 

Castro fica a mais ou menos 2h de Curitiba, e super dá pra fazer um bate-volta sim! Mas caso você queira ficar hospedado e passar o final de semana nessa cidade que achamos uma gracinha, indicamos o Buganville Palace Hotel, que fica bem no centro e de fácil acesso.

Além do hotel ser bem localizado, ter quartos amplos e um ótimo café da manhã, eles tem uma atração a parte: uma coleção grande de antiguidades espalhadas pelo hotel! Cada andar tem uma coleção. Um é de máquinas de escrever, outro de máquinas de costura e outro de malas antigas. Ainda, em cima da recepção tem mais um “mini museu” com rádios, vitrolas e etc.

Pra complementar, ele fica super próximo da saída pra visitar Castrolanda. Coisa rapidíssima mesmo e muito fácil de encontrar o caminho, mesmo sem GPS.

ONDE COMER 

Logo na praça em frente ao hotel tem um restaurante/bar chamado Sete Gatos. Adoramos o lugar! É super bonitinho, também tem uma decoração meio vintage e a comida é uma delícia, além de várias opções de cerveja. Realmente gostamos muito, e a praça é bem tranquila com outros bares ao lado. Em dias de verão: apropriadíssimo!

O QUE VER EM CASTRO

Já que está na cidade, por que não dar uma voltinha? Na mesma rua do hotel, tudo bem próximo, fica a Catedral da cidade, o museu do tropeiro e, um pouco mais pra frente, o parque da cidade. É tudo bem pertinho e fácil!

tamancos castrolanda

COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email